• Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves
  • Aves

Aves nos Aparados

O Parque Nacional Aparados da Serra possui um registro de 51 aves, segundo o Wikiaves, e de mais de 100 aves, segundo pesquisadores locais, tornando a região um dos lugares mais interessantes para o bird watching no país. Ao todo, entre a região do parque, incluindo Praia Grande SC e Cambará do Sul RS, já foram registradas mais de 240 aves distintas.

Além das aves típicas da região, como a Curicaca e a Gralha Azul (símbolo do ParNa e que dá nome ao pórtico de entrada do canyon Itaimbezinho), é possível encontrar aves ameaçadas de extinção como a águia-cinzenta, gavião-pato, gavião-pega-macaco e a noivinha-de-rabo-preto.

Quem visita a região pode aproveitar para trazer seus binóculos ou câmeras fotográficas para novos registros, novas descobertas e ainda aproveitar o belo som dos pássaros a beira dos canyons.

Abaixo, alguns registros feitos na própria pousada Morada dos Canyons.

Fotos por Messias Fernandes. Mais fotos no perfil do Wikiaves e fotos de Amilton Marcelino.

Dicas

O que trazer:

- Binóculos, de preferência com boas lentes.

- Máquina fotográfica, de preferência com bom alcance de zoom.

- Guia de campo.

- Itens de trilha: água, lanche, chapéu ou boné, capa de chuva, tênis macio, etc.

- Reprodutor e gravador de áudio. Reprodutor como técnica de atração por reprodução da voz e gravador para registrar os cantos das aves observadas.

- Escolher roupas com cores discretas.

Durante a trilha:

- Evitar movimentos bruscos e barulho.

- Seguir as orientações do guia.

- Não irritar as aves com muita reprodução de áudio.

- Não usar alimentos para atrair as aves.